1 de abr de 2007
Estão enganados....
Pois é, quanto mais nós informamos as pessoas, mais percebemos o quanto o ser humano gosta de se mostrar indeferente ou até mesmo "superior" na situação...
Temos amigos divulgando e explicando sobre os apátridas em diferentes frentes de batalha (nas fábricas, nas igrejas, nas escolas, nas lojas, nos condominios), mas infelizmente continuamos vendo pessoas que não entendem as explicações, ou não querem entender que essa é uma causa pra todos assumirem como sua!
Tem gente que confunde leis japonesas com leis brasileiras!
Por favor pessoal, vamos prestar atenção: esse artigo 12, inciso I, alínea C, é da Constituição Brasileira, e portanto não adianta você achar que porque já tem o visto permanente japonês, que está livre dessa!
Não tem nada a ver com visto permanente, e muito menos com o fato de você querer naturalizar o seu filho como japonês. Ele não está à salvo de nada!
Estamos falando de crianças brasileiras nascidas no exterior, depois de 7/junho/1994, e que portanto não tem a nacionalidade nata como era dada anteriormente, e que dessa forma precisam quando estiverem na maioridade voltar ao Brasil pra conseguir a nacionalidade definitiva!

O que o pessoal não entende é a urgência de tudo!
Temos que agir agora!
Temos que recolher o máximo de assinaturas agora!
Temos que fazer barulho na mídia pra enfim pressionar os deputados a votarem na Emenda 272.00!
Isso tudo era pra ontem!
Já se passaram 13 anos desde que a lei entrou em vigor, e as coisas ainda estão paradas lá na Câmara dos Deputados.
Não há nem sinal de movimentação pra se formar alguma Comissão especial.
Não há nem sinal de interesse por parte dos deputados.
De que forma eles vão nos "enxergar" aqui tão longe do Brasil?
Vamos mostrar que existimos, e que tiraram de nossas crianças o direito à nacionalidade.
Na Declaração Universal dos Direitos Humanos, no artigo 15o diz que:

1 - Todo o indivíduo tem direito a ter uma nacionalidade.

Já vi gente repassando petições sobre matança de bois, golfinhos, de cães, animais de circo (não desmerecendo os temas)....mas poucas pessoas assumem a firme postura de colaborar com a nossa campanha...

Vamos divulgar a Petição Online> http://www.ipetitions.com/petition/brasileirinhos_apatridas

Vamos divulgar o nosso blog http://www.apatridasnojapao.blogspot.com , pois quanto mais gente sabendo do assunto, mais gente divulgando

Vamos trocar idéias, sugestões sobre como fazer pra alcançar outras frentes de batalha!

Escrevam pra apatridasnojapao@gmail.com e cooperem com o movimento.

Aproveito aqui pra agradecer a Dra Relva, que fala sobre o assunto dos apátridas no Focando

Há também um artigo importante sobre o que a nossa pressão está causando.... no Swissinfo, confiram.

Há também um artigo muito bom do Rui Martins no Direto da Redação, leiam com atenção.

O mês de abril começando.... e temos apenas 60 dias para colhermos o máximo de assinaturas e entregarmos os Abaixo assinados no Consulado em Nagoya....o tempo urge!!
Gambatte pessoal!

Carmen Lúcia Tsuhako
·
posted by Apátridas no Japão at 21:31 | Nos link aqui |


2 Comments:


  • At segunda-feira, abril 02, 2007, Anonymous Erica Akira

    Não podemos desanimar agora.
    Agora, o Itamaraty já reconhece a importância de, ao menos, informar os pais devidamente, no ato do registro do nascimento.
    quem sabe agora, os deputados não acordam para a urgência da aprovação da Emenda 272/2000.
    Não podemos parar agora.
    Força pessoal!

     
  • At quarta-feira, abril 04, 2007, Blogger Marcelo Madeira

    oi pessoal, eu tenho acompanhado esta história, moro na Suíça conheço o Rui Martins e sinto a mesma dificuldade de convencer as pessoas sobre a importância da campanha... muitos quando escutam sobre o que está acontecendo nem acreditam, pudera é difícil de acreditar mesmo.

    E graças a esta campanha, aos poucos começa a aparecer uma luz no fim do túnel... e não é um trem!!!

    Abraços aos brasileirinhos da terra do sol nascente!