2 de jun de 2007
Dia 1 de junho, dia D no Consulado!!!
*Este post foi reeditado, tem mais informações recentes. Releiam, ok?

Antes de começar a narrativa, quero dizer que esse texto num blog assim tão sociopolitico, hoje terá um tom pessoal, afinal o que aconteceu tem a ver com minha vida, a dos meus filhos e faz parte de uma história: a do Movimento dos brasileirinhos apátridas.
Pois é, fui ao Consulado de Nagoya, com a cara e a coragem, e levei comigo meus pais e meus dois filhos menores, Isabela e Hiroshi, os que são nascidos depois de 1994, aqui no Japão.
No caminho, dentro do trem bala, já tentava imaginar o que aconteceria em Nagoya...a gente faz planos, imagina que outros também estarão nele, mas nem sempre as coisas acontecem como pensamos.
Na frente do prédio do Consulado, já a imprensa me aguardava. Estavam jornalistas de jornais da comunidade (Tudo Bem e Internacional Press), da revista Look, da revista Alternativa, do canal IPC tv e da rede Record.
A movimentação por parte deles foi grande, mas a de pessoas que tenham ido ao Consulado pra participar da movimentação...nenhuma! Ninguém compareceu, além da minha familia.
Tudo bem, até dá pra entender em parte, pois é um dia de semana, todos trabalham, e a maioria mora longe do Consulado, mas a participação da comunidader era importante. A ausência dela mostra que além de não haver infomação, falta interesse, empenho e união em prol de uma causa tão importante e que afeta de modo direto e indireto todos os brasileiros que moram no Japão.
Não vou me prolongar sobre isso, pois o assunto pode ir longe e acabar causando mal estar entre os leitores.
Enfim, vamos ter a mídia divulgando o acontecimento do dia 1.
Já saiu no Brasil ontem dia 1, no canal da Rede Record, num dos jornais deles, a entrevista que dei no Consulado e a entrega das assinaturas.
As demais mídias...aguardem nessa semana ou no maximo na outra pra poder ler.
Continuando, quando foi mais ou menos 14:30hs o Consul pediu para entrarmos no Consulado, ou seja nosso horario foi adiantado em meia hora.
O Embaixador, também Consul, Geraldo Afonso Muzzi nos recebeu muito solícito, humano e simpático! Não estou exagerando, pois ele é assim mesmo, bem acessível.
No gabinete dele, minha familia se sentou, e a imprensa registrou tudo.
Ele começou falando sobre a situação dos brasileirinhos, que o Consulado ao ver deles, deve estar sempre à disposição dos cidadãos, sempre ajudando e não atrapalhando de modo algum.
Estava com a Constituição nas mãos, discorreu sobre o artigo 12, sobre as falhas e erros na revisão dela, e nos apoiou dizendo que é de direito e dever nosso cobrar que façam mudanças na lei lá no Brasil.
Fiz um discurso curtinho, abaixo segue ele. E entreguei as assinaturas.

Exmo. Cônsul Geraldo Afonso Muzzi, é com grande alegria e esperanças, que entregamos em vossas mãos essas petições de brasileiros residentes no Japão, endereçadas ao Pres. da Câmara Arlindo Chinaglia, ao Ministro das Relações Exteriores Celso Amorim e ao Presidente da República Luis Inácio da Silva Lula.
Neste momento em outros consulados, nos EUA e outros países europeus inclusive em Israel, outros brasileiros emigrantes também estão entregando petições iguais em favor da restituição da nacionalidade brasileira nata ás crianças de pais brasileiros nascidos no exterior a partir de 1994.
A emigração brasileira é hoje no exterior, na verdade o 28o Estado brasileiro, com cerca de 4 milhões de cidadãos e com um envio de remessas ao Brasil em torno de 6 a 8 bilhões de U$ por ano.
Estado este em que cidadãos se preocupam em preservar o idioma e a cultura do Brasil,onde mais de 200mil crianças correm o risco de se tornarem apátridas aos 18 anos, das quais mais de 45 mil delas nascidas aqui no Japão.
Essas assinaturas foram colhidas em diversas regiões do Japão e apesar
do pouco tempo que tivemos para tanto, cremos que o empenho e a preocupação de todos para que isso se realizasse é o Bem maior.
O movimento dos brasileirinhos apátridas se tornou um movimento de cidadania também aqui no Japão, e se torna hoje uma engrenagem importante nas futuras conquistas., como a representação das comunidades brasileiras em Brasília e a reivindicação pelo voto por correspondência para os emigrantes.
Pedimos hoje em nome dos emigrantes brasileiros, que haja uma reformulação no conceito de Serviço Consular, a fim de melhor atender os brasileiros, e que não se repita a falta de informações e clareza, como aconteceu na questão da nacionalidade dos filhos de brasileiros nascidos no exterior.
A partir de agora, nada mais será como antes, porque os brasileiros emigrantes tomaram consciência de seus direitos e de sua força!
Com esperança que é comum no povo brasileiro, queremos acreditar no compromisso de nossos legisladores e demais integrantes da Comissão Parlamentar da Pec 272.00, para que votem e aprovem rapidamente a Emenda 272.00
Aproveitamos o ensejo, para em nome da Comunidade Brasileira aqui no Japão, agradecer ao Exmo. Cônsul Geraldo Afonso Muzzi, por nos atender tão prontamente, recebendo a nossa petição, que representa o espírito de democracia que hoje reina em nossa Pátria.

Obrigada!

Carmen Lúcia Tsuhako”


******************************
O numero total de assinaturas foi o seguinte:

Para o Presidente Lula> 2.197 assinaturas
Para o Ministro Celso Amorim> 2.121 assinaturas
Para o Pres. da Câmara dos Deputados Arlindo Chinaglia> 2048 assinaturas.
E na Petição online, que também foi impressa e entregue, tivemos 994 assinaturas.


*****************************

O Consul nos prometeu mandar tudo ao Brasil no próximo malote.
Enfim...missão cumprida, de nossa parte, e agora falta somente esperar que no Brasil cumpram a parte deles, que é votar e aprovar a Emenda 272.00

Fotos eu tenho, mas vou ter que revelar e assim que fizer isso colocarei aqui pra vocês verem.
Se quiserem ver mais ou menos como foi lá no Consulado, o Roberto Maxwell filmou e colocou numa pagina com video. Clikem aqui> http://robertomaxwell.com/2007/06/03/brasileiros-apatridas-no-japao/

Enquanto isso.........no restante do mundo outros países também se manifestaram!

Se você quiser saber como foi tudo no restante do mundo, clike aqui> http://www.reforme.com.br/Brasileirinhos.htm


Quero agradecer a todos que se dispuseram a ajudar na campanha.
Que recolheram assinaturas, que divulgaram a petição online, as informações...enfim colaboraram de alguma forma!
Vamos continuar com tudo em dia, principalmente esse blog pra continuar a dar informações necessarias do andamento da votação ou não lá no Brasil.
E também assim que a Emenda for aprovada (temos esperanças que seja em breve...) poderemos passar a todos as providencias que pais e familiares de crianças nascidas antes e depois dessa emenda devem tomar para com a documentação de seus filhos!

Fiquem de olho ok?

Abraços, Carmen L. Tsuhako

Marcadores: , ,

·
posted by Apátridas no Japão at 14:16 | Nos link aqui |


3 Comments:


  • At terça-feira, junho 05, 2007, Anonymous Anônimo

    Carmen você estava maravilhosa, parabéns!!

    Poderia ao menos ter te mandado assinaturas, mas com a impressora que não queria funcionar ( acabei deixando pra depois), probleminhas aqui e ali, correria com a minha pequena acabei lembrando do dia "D" no sábado!
    Na verdade pra esse assunto não há desculpas, por isso me sinto envergonhada, afinal de contas eu TENHO uma filha apátrida!
    Queria me enfiar num buraco...
    Mas não poderia deixar de te dar meus parabéns e meu muito obrgada pela tua garra.

    Beijos
    Márcia

     
  • At terça-feira, junho 05, 2007, Blogger Rosana Shiota

    Constataçoes obvias sobre os compatriotas residentes no japao á parte .
    O fato é :
    Depois de tanto , trabalho , tanta divulgaçao tantas manifestaçoes , o dia "D" finalmente chegou sem que ninguem estivesse ao seu lado .Fiquei profundamente tocada com o ocorrido principalmente porque cabe a mim tambem , como mae de uma cidada apatrida a responsabilidade e o compromisso de lutar pelo direito a cidadania .

    A parte boa de tudo isso é que existem pessoas como vc que mesmo diante das dificuldades e da falta de apoio continuam lutando por uma sociedade mais justa.
    Parabens e muito Obrigada Carmem.

    Seu esforço nao será em vao.

     
  • At terça-feira, junho 05, 2007, Blogger Denise

    querida carmen e todos mais pais de pequenos apátridas no japão,

    viva a carmen!!!
    e viva para todos que assinaram também!!
    como a luta não terminou na ida tristemente solitária da família tsuhaka ao consulado de nagoya, ainda é tempo para todos arregaçarmos mais as mangas e melhorar o desempenho e a implicação pessoal!!!
    ainda tem muita coisa pra ser feita...!!! vamos como bem dizia o grande poeta itabirano: "não nos afastemos muito, vamos de mãos dadas" !!

    abraços,
    denise
    (ainokô, mãe de uma brasileirinha apátrida nascida na suíça, hoje em brasília. mais precisamente, hoje, na sessão da comissão que aprovará o relatório da dep. rita camata!)